Publicado em Sermões e Esboços

A Culpa


pulpitoA Culpa

Romanos 8:1-15

A culpa tem sido assunto para vários estudos. Diante dela, a culpa, surgiram até doutrinas.

Vejamos o que a Palavra de Deus diz sobre a culpa

1. Purgatório – Culpa é a nossa tentativa para pagar o mal que fizemos pela sensação ruim para ela. (1-4)

A doutrina do Purgatório afirma que existem alguns pecados que temos de pagar para purgação, porque Cristo não pagou por todos os meus pecados.

Este é o meu problema com esta “doutrina do purgatório”: se Cristo não pagou por todos os meus pecados e ainda existe uma grande barreira entre Deus e nós, então ainda há uma infinita diferença entre nós, e vã é a nossa fé.

Embora possamos não ter “a doutrina do purgatório” na teologia evangélica, temos ainda a culpa como assunto comum. No nosso subconsciente acreditamos que se sentir culpado é o suficiente para lamentarmos e nos arrependermos, e confessando os nossos pecados será o suficiente então para ganhar o perdão de Deus.

2. Penitência – Culpa é a nossa tentativa de assegurar que ainda estamos espiritualmente nos sentindo culpado, quando ela é um defeito que nos permite nos licenciarmos e nos distanciarmos do pecado. (5-8)

Você acha, que quando você se sente culpado é porque muitas vezes, tudo está bem, mesmo em meio ao pecado, e que de alguma maneira você está conectado a Deus, e por isso você se sente culpado diante do amor de Deus. Não sente a necessidade de arrependimento, mas sim, distanciamento do pecado.

A culpa chama-o de volta à velha natureza, mas não aos que são transformadas para uma novidade de vida. Ele lembra das velhas formas e em seu estado derrotado, com vistas a você retornar ao pecado.

Romanos nos diz que não podemos co-existir a uma vida carnal com a do espiritual. Existe uma luta sim, mas a culpa confunde-nos a pensar que, enquanto nos sentimos mal, temos de estar fazendo algo certo.

Ideais completamente contrárias a Palavra de Deus.

3. Prevenção – Culpa é a nossa tentativa de evitar o mal que fizemos no passado, fizemos por falta de compromisso com o Reino de Deus. (9-11)

Cristo morreu, não só para nos livrar do pecado, não apenas para nos livrar da morte, mas também do medo da morte. Isso é exatamente o que é culpa, o medo de que não são suficientes. Hebreus 2:15, “livre e todos aqueles que foram detidos em suas vidas pela escravidão do medo da morte.”

A Culpa tenta convencê-lo de que você está morto, mas você está vivo em Cristo. O mesmo espírito que Cristo trouxe de volta a partir de três dias morto está fazendo você vivo a cada momento.

4. Problema – Culpa é a nossa tentativa, e que é o que nós temos aqui! (12-17)

12 Portanto, meus irmãos e minhas irmãs, nós temos uma obrigação, que é a de não vivermos de acordo com a nossa natureza humana.

13 Porque, se vocês viverem de acordo com a natureza humana, vocês morrerão espiritualmente; mas, se pelo Espírito de Deus vocês matarem as suas ações pecaminosas, vocês viverão espiritualmente.

14 Pois aqueles que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.

15 Porque o Espírito que vocês receberam de Deus não torna vocês escravos e não faz com que tenham medo. Pelo contrário, o Espírito torna vocês filhos de Deus; e pelo poder do Espírito dizemos com fervor a Deus: “Pai, meu Pai!”

16 O Espírito de Deus se une com o nosso espírito para afirmar que somos filhos de Deus.

Romanos 8:12-16

Conclusão

Apelo

Oração

Anúncios
Publicado em Sermões e Esboços

Dia dos Namorados? Dia dos Casados? … Jacó e Raquel …


pulpitoGênesis 29:1-29

Eu não sei você, mas às vezes me parece difícil de se comparar com o povo da Bíblia, sabe por que?

Porque, eles viveram …

– há muito tempo atrás (antigos);

– com estranhos costumes (orientais);

– às vezes podem parecer tão super-santos, ou tão mundanos;

– torna-se difícil de se comparar com eles, tais como seres humanos reais;

Mas, em todas as situações vou encontrar com o que é tão familiar, tão universal …

– histórias que se repetem em vários lugares do mundo;

– se repetem em várias sociedades, independente das culturas;

E vejo nessas pessoas o mesmo mover das pessoas comuns, com seus problemas das vida, ordinárias e por vezes não tão ordinárias.

O capítulo 29 de Gênesis, é uma dessas situações. É tão familiar como … o corre-corre dos nossos dias:

– Rapaz olha para uma menina

– Menino e menina se apaixonam

– Menino e uma menina enfrentam alguns desafios

– E finalmente, menino e menina casam

Evidentemente, neste particular história de amor o enredo é um pouco mais complexo:

– Rapaz olha para uma menina

– Menino e menina se apaixonam

E por falar em desafios! Que desafios, hein!!??

– Menino trabalha por sete anos para ganhar a mão da moça em casamento

– Rapaz casa às cegas, só depois de casado descobre que ele casou com irmã mais velha, com a que deverias ser cunhada, puro erro??

– Rapaz confronta seu sogro

– Sogro concorda em deixá-lo casar com a garota de seus sonhos, mas para isso ele terá de trabalhar mais sete anos

– E finalmente, menino e menina casam … ufa!!!

Em que ponto essas coisas realmente ficam estranhas …

Mas, isso é uma história para o próximo capítulo da novela Bíblica, semanal … não perca … hahaha

Que história bizarra … em que circunstâncias Jacó casa com Raquel e com sua irmã mais velha Lia!

1) O VOTO DE JACÓ

Vamos nos concentrar nos versos 16-30

Mas deixe-me primeiro a definir o cenário que está prestes a acontecer:

– Se você se lembra: Jacó tinha enganado o seu irmão mais velho Esaú, roubando-lhe a benção do primogênito, através de uma transação comercial cruel envolvendo uma tigela de sopa

– Então, com a ajuda da sua mãe, enganou o pai para lhe dar a bênção especial destinada a dar a Esaú

– Uma vez realizada a sua bênção, Esaú tinha sido roubado, ele foi um homem que viveu toda a sua vida dirigida por uma missão: matar o seu irmão mais novo! A fim de recuperar seu patrimônio e a bênção de seu pai.

– Mas, ele tinha uma chance de fazer a vontade de sua mãe Rebeca, que fez duas coisas:

Primeiro – Jacó precisava fugir de Esaú, antes que ele descobrisse o que aconteceu. Então ela convenceu Isaac a enviar Jacó de volta para a terra dos seus antepassados para encontrar uma esposa.

– Após um longo dia de viagem, Jacó cansado, tem um poderoso sonho.

No sonho Deus prometeu …

Dar um país …

Para proporcionar-lhe uma grande posteridade …

Para fazer de Jacó uma bênção para todas as nações da Terra …

E para ficar com ele sempre …

Com essas palavras, Jacó tinha-se tornado o filho da promessa …

Assim como Deus tinha feito com seu avô Abraão, seu pai Isaac …

Jacó tinha sido escolhido para ser o beneficiário especial do amor e da graça de Deus …

Em resposta Jacó faz uma promessa a Deus

Gênesis 28:20-22

Agora eu quero que você note algo sobre a promessa de Jacó: Deus não tinha lhe pedido para fazer qualquer uma dessas coisas

Em outras palavras:

– Jacó não está tentando ganhar o amor de Deus, ou ganhar o favor de Deus

– Deus havia lhe dado estas coisas como um dom da graça

– Pelo contrário, ao fazer este voto, Jacó está respondendo a Deus a graça que já lhe foi dada

– Atenção, há aqui uma lição importante que todos os cristãos devem aprender:

Não há nada que você pode fazer para Deus … Amar mais … ou menos

De fato, Ele te amou primeiro, e Ele te amou melhor

Ele enviou Jesus para morrer por você na Cruz

E se você aceitou Jesus como seu Salvador, Ele derramou da Sua graça em sua vida

Então o que você deve fazer sobre isso?

Você precisa responder ao amor de Deus, adorando-o e servindo-o e amando-o com todo o teu coração e com toda tua mente e com todo o seu espírito

Isto é o que Jacó estava fazendo em Gênesis 28

Ele não estava fazendo uma barganha com Deus

Ele está dizendo: “Meu Deus, você me amou tanto, eu quero adorar e servir-lhe todos os dias da minha vida”

2) JACÓ CHEGA A HARAN

Enfim, com a expressão do amor de Deus de Jacó define Haran

Agora lembre –

Ele está indo em algum lugar que ele nunca esteve antes

Tentando encontrar um tio que ele nunca conheceu antes

Para dizer o mínimo, esses atos são muito assustadores

Quero dizer-lhe não era como nos nossos dias, pois Jacó não tinha um mapa, nem um sistema GPS para orientá-lo ou até mesmo um endereço com CEP do seu tio

Isto foi um tiro no escuro

Exceto por uma coisa: Deus estava Jacó orientando cada passo do seu caminho

Tanto assim que, quando ele chegou a Haran a primeira pessoa que ele falou conhecia seu tio

Olha o que a Bíblia diz em Gênesis 29:1-6

Jacó foi…

O homem mais sortudo na face da Terra

OU Deus tinha trabalhado um milagre!

Não há dúvidas sobre como Jacó interpretava esses eventos

Ele sabia que Deus tinha sido encontrado fiel!

E ele respondeu a Deus com fidelidade e gratidão

Gênesis 29:9-14

3) RAQUEL E LIA

Já se passaram mais de 30 anos, mas eu me lembro como hoje, minha amada entrando no salão da igreja – tinha um campeonato de ping-pong. Lembro tudo, seu olhar, sua roupa. Nossa primeira conversa.

Esse era o caminho Jacó e Raquel, assim sentiram quando se olharam pela primeira vez. Falaram sobre o amor à primeira vista

Jacó imediatamente atropelou

Plantado, olhar parado, apaixonado, … você não fez assim também?

E em seguida se apresentou como sobrinho ao pai da moça

Evidentemente que o coração de Raquel deve ter pulado, uma forte batida, porque ela imediatamente correu para casa, para contar tudo para o pai dela, sobre primo … que “gatinho” pai!!!

Finalmente, após cerca de um mês de seu tio, Labão, faz uma proposição

Leia Gênesis 29:15

Agora lembre personalidade de Jacó: Ele era um “artista” – Sua vida foi dedicada à utilizar sua inteligência e astúcia para evitar um trabalho árduo

Mas, desta vez, todas as suas habilidades e talentos foram por água abaixo, tudo por causa de Raquel – ele esqueceu tudo …

Gênesis 29:16-17

Por muito tempo Lia ficou sem namorado – já estavam chamando de “titia”

Algumas pessoas levam a concluir que Lia era pouco atraente

Raquel era outra história, a Bíblia deixa claro que ela era fatalmente maravilhosa que ela irradiava uma irresistível sensualidade a Jacó

Vamos colocá-lo desta forma:

Raquel foi tão maravilhosa e encantadora que o astuto Jacó fez o pior negócio da sua vida

Gênesis 29:18

Labão deve ter pensado que tinha tirado a sorte grande!

Ele estava pronto para concordar com quase tudo … mas, Jacó era da sua família …

Mas aqui é essencialmente Jacó vende-se em escravidão, que era um ótimo negócio para  Labão, e que não poderia deixar passar

Gênesis 29:19-20

Que burrada, hein Jacó!!??

Sete anos parece ser sete dias

Jacó estava tão apaixonado por Raquel, que os dias pareciam voar

Cada dia que passava … ele dizia em seu coração: menos um …

Foi ficando mais perto do dia que ele poderia ter Raquel como sua esposa

E finalmente, o dia do casamento chegou …

4) A DECEPÇÃO DE LABÃO

Gênensis 29:21-23

Que coisa estranha … difícil de aceitar …

Isso não significa que eu duvido da verdade absoluta da Bíblia

É apenas algo que soa estranho para mim

Eu vou levantar algumas questões

Bem eu tenho um monte de perguntas sobre o verso 23

A Bíblia está nos dizendo que Jacó não percebeu que ele estava dormindo com uma garota, e que ele não notava que era sua cunhada

Sinto muito, mas como isso é possível?

Quero dizer – Jacó viveu com Labão e sua família por sete anos!

Como ele não teve uma oportunidade para conhecer Raquel e Lia?

Algumas pessoas tentam evitar essa espinhosa questão, sugerindo que Lia ocultaram sua identidade, mantendo um véu sobre toda a noite

Isso é que não faz qualquer sentido

Jacó à espera por sete anos para estar com a Raquel

Esta é a noite do seu casamento!!!

Ele não pode descolar a sua roupa

E ele não vai retirar o seu véu?

Eu não consigo comprá-lo, e não ser um só minuto

Outras pessoas argumentam que Jacó tinha chegado bêbado na festa de casamento

Então, bêbado, ele não teria conhecido a diferença entre as duas irmãs?

Então me diga-se que ele estava bêbado, como o casamento foi consumado?

É óbvio que ela sabia que Jacó era o amor da sua irmã Raquel

Então, por que teria ela concordado em acompanhar as loucuras de seu pai?

Ela teria uma pobre auto-estima ao ponto de pensar seriamente que nenhum homem jamais desejaria casar com ela?

Ou ela amava secretamente Jacó e desejava-lhe exclusivamente para ela? Interessante …

E quanto a Raquel, a Bíblia indica que ela e Jacó apaixonaram-se no dia em que se conheceram

Raquel tinha que saber o que seu pai faria com ela, foi provavelmente uma das virgens prudentes

Você está me dizendo:

Ela nunca registrou uma palavra de protesto?

Que ela nunca tentou avisar a Jacó sobre enganosos planos de seu pai?

Olha, a Bíblia não responder a todas estas perguntas, mas tenho uma teoria sobre o motivo Jacó falhou em reconhecer Lia

Por alguma razão, isso era uma parte da vontade de Deus para a vida de Jacó

Deus estava usando este grupo de pessoas disfuncionais para realizar a Sua Vontade e Seu Propósito

5) ERA O PLANO DE DEUS

Seu plano era estabelecer uma relação especial com os descendentes de Abraão, Isaac e Jacó

Um relacionamento que iria culminar com a vinda de seu Filho unigênito, Jesus, o Cristo

Por favor, leia Gênesis 3:1-15

O que você tem aqui é a primeira profecia relativa à vinda de Cristo

E foi o que aconteceu imediatamente após Adão e Eva tinha pecado

Deus disse a serpente, que é Satanás:

Você acha que você tenha conseguido alguma coisa. Você acha que você destruiu a relação que tenho com meu povo

Pois você está completamente errado! Já colocou um plano de salvação em lugar

Fora do meu povo escolhido virá um salvador

Mesmo que você encontrar em seu calcanhar – Ele está indo CONTRA você!

E irá trazer a redenção de meu povo! As pessoas mais preciosas que eu amo muito!

Agora que é um plano

6) A RESPOSTA DE JACÓ

Com tudo isso em mente, vamos voltar a Jacó

Ele acorda na manhã seguinte vira-se e … Lia? O que você está fazendo na minha cama? … Cadê a Raquel?

Basta dizer-lhe que ele não estava muito feliz com isso.

Gênesis 29:25-27

Veja que ironia:

Porque Jacó tinha recebido do pai benção?

Porque ele tinha enganado Isaac em dar-lhe o filho mais novo

A bênção de Isaac pretendia dar a seu filho mais velho, Esaú

Porque Lia tem um marido?

Porque o pai dela tinha enganado Jacó dando-lhe sua filha mais velha, Lia

Em vez de sua filha mais nova Raquel, a quem Jacó realmente amava

Em outras palavras: O homem tinha sido enganado da mesma maneira que enganou!

As ações posteriores de Jacó sugerem que ele compreendeu o engano de Labão como sendo uma forma de castigo divino

Ele deve ter pensado:

O meu passado foi finalmente me alcançou – o que plantei, agora estou colhendo …

Deus está castigando-me pelo que fiz ao meu pai e ao meu irmão

Em qualquer caso Jacó não protestou

Ele concluiu sua semana de lua-de-mel com Lia, sem reclamar

E depois teve por sua esposa Raquel, em troca de mais sete anos de árduo trabalho

CONCLUSÃO

Mas aqui vai a pergunta que eu quero que você considere:

A hipótese de Jacó foi correta?

Será que Deus castiga seus filhos quando eles pecam?

Bem … isso depende do que você quer dizer com a palavra punir, castigar …

Se você quer dizer: eu perder a minha salvação e Deus condenar-me para a eternidade como um pecador que irá viver no inferno, a resposta é “Absolutamente não!”

Quando você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador e Senhor,

Deus perdoou todos os seus pecados, passados, presentes e futuros

E lhe deu o dom da Sua graça, a vida eterna em Cristo Jesus

João 3;16-17

Agora, com isso em mente, leia Hebreus 12:5-6

Gente, não há qualquer dúvida que Deus disciplina Seus filhos quando eles pecam

E às vezes, a partir de nossa perspectiva, a Sua disciplina pode nos trazer o sentimento de um severo castigo

Por exemplo, se Deus permite-lhe sofrer às consequências do seu pecado

Você, ou seus entes queridos, podem passar por um período de intensa dor ou sofrimento

Mas aqui é onde você tem que compreender os motivos de Deus:

Ele não tenta danificar ou destruir você

Em vez disso, ele que disciplinar você …

E Ele está fazendo isso porque Ele te ama

Ele está fazendo isso para que você possa se tornar maduro, com Espírito controlado por Deus, e não por homens

Dito de outra forma:

Deus te ama tanto, Ele quer que você faça um melhor em você!

Gálatas 5:22-24 explica o objetivo último de Deus é você

Oremos

Publicado em Sermões e Esboços

Um líder cristão


pulpitoTexto: Atos 6:1-7

I. Um líder é um CRISTÃO AUTORIZADO

1) Uma Mente Mudada: Atos 2: 38.

2) Um Coração Limpo “… Arrependei, ser batizado e cada um de vocês em nome de Jesus Cristo para a remissão dos pecados …” O batismo é a expressão de uma busca pela limpeza. Essa limpeza só vem por meio da fé no Salvador que derramou seu sangue para a remissão dos pecados.

3) Uma Vontade Controlada: “… vós deve receber o dom do Espírito Santo”: significa entregar as rédeas da própria vida para o Espírito.

Ilustração: Não existe um compromisso parcial. Quando o piloto de um grande avião está acelerando para descer na pista, há um certo ponto em que ele não pode decidir manter-se no terreno. Quando ele cruza a linha, ele está comprometido com o ar, se falhar será desastroso. Esse piloto não pode mudar de idéia quando o avião está a dois terços do caminho para descer na pista. Infelizmente, nossas igrejas estão cheias de membros, que “nunca terem saído dos seus terrenos.” Eles têm ficado sentados por anos e seus motores, sempre desligados. Eles estão sempre “preparando”, um dia ficarão prontos. Eles vão ficar ocupados. Planejam, mas, nunca sairam do chão!

II. Um líder vive uma coerência CRISTÃ

Ele era um homem “honesto” (Atos 6:3), cheio do Espírito Santo e sabedoria. Esta é uma característica rara nestes dias, mas é um padrão Novo Testamento para aqueles que detêm responsabilidades liderança na vida da Igreja. Tantas pessoas a si mesmos como testemunhas, mas não são honestos. No fundo em seus corações eles sabem que não são. Felipe foi um religioso, vivendo a coerência cristã. Que pode ser dito de você? O pecado da hipocrisia e incoerência, por parte dos cristãos, tem sido um obstáculo para o mundo perdido.

1. As pessoas querem Líderes consistentes, não aguados, quentes e frios.

2. Alguém que sempre tem um modelo de vida.

3. Consistente significa confiável, estável, dependente, infalível.

III. Um líder tem uma vida cristã CONSAGRADA

Ele foi “… cheio do Espírito Santo …” (Atos 6:3). No Antigo Testamento muitas vezes a palavra consagração foi utilizada por ocasião da consagração de um sacerdote ao ministério. No Novo Testamento ensina que a consagração implica o preenchimento da vida através do Espírito Santo. Então, podemos ler que o Felipe era um homem “… cheio do Espírito Santo …” (Atos 6:3). Ao escrever para pastores, membros, maridos, esposas, pais, filhos, servos e senhores, o apóstolo Paulo exortou: “… é preenchido com o Espírito” (Efésios 5:18). Para ser um cristão consagrado começa com o enchimento com o Espírito Santo e isto exige três ações do crente.

1. Orem para o perdão e a limpeza do pecado.

2. Orem por um Deus para encher você com o Seu Espírito.

3. Seja sincero.

IV. Um líder cristão tem um bom senso.

Ele foi “… cheio de sabedoria …” (Atos 6:3).

Tiago 1:5 – sabedoria

Publicado em Sermões e Esboços

Amigos para sempre!!! …


pulpitoProvérbios 17:17

I. Introdução

Uma coisa que nunca muda é a necessidade de Amizade.

Como você avalia-se como um amigo?

Existe uma história na Palavra de Deus sobre a Amizade – permita-me compartilhar.

II. A Cura de um Paralitico (Marcos 2:1-12)

Nesta história encontramos 3 tipos de amigos:

Um Indefeso

Alguns Auxiliares

Um Curado

Um Indefeso Um – o homem doente da paralisia – completamente paralisado, incapaz de ajudar a si próprio, dependente de outros.

Haverá sempre aqueles que são menos afortunados do que você.

Haverá sempre quem deve depender de outros.

Haverá sempre escolhas a fazer em relação a essas pessoas.

Alguns Auxiliar – quatro (4) amigos que ajudam pela amizade …

Estas quatro (4) nos fornecem um exemplo de verdadeira amizade

3 aspectos da sua amizade

Sua Motivação – Sem egoísmo. Eles estavam simplesmente em causa; compassivos; a cuidar do amigo!

Seus métodos – um misto de esforço; cooperação; sem ciúmes. Se qualquer um dos quatro (4) não conseguisse fazer sua parte, a tarefa não seria realizada.

Ilustração – “Fazer o melhor é mais importante do que ser o melhor!”

Das suas modalidades – Eram persistentes; superaram obstáculos; Não desistiam!

Foi dito, “Algumas pessoas fazem inimigos em vez de amigos, porque dá menos trabalho”.

Uma Cura – O Senhor Jesus Cristo

Eu não seria um bom amigo para você, se eu não tivesse uma oportunidade para falar sobre o melhor amigo de todos – Jesus Cristo.

Tal como os quatro, ajudaram, suportaram, o Indefeso, seu amigo, levando-o até Jesus, para que seus pecados fossem perdoados e seu corpo curado!

Sua Motivação era simples: Ele ama você e eu.

Seu método era o da cooperação com o Pai, e dar sua vida para perdoar os nossos pecados.

Seu Modo foi o mesmo que os quatro amigos ajudadores – Ele não permitiu que Satanás tentasse impedi-lo de realizar Sua missão! Ele suportou a cruz, desprezando a vergonha!

Prov. 18:24; João 15:13

O meu sincero desejo é que cada um de vocês considerem a hipótese de fazer dele o seu maior amigo de todos.

III. Conclusão

Lembre-se, Amizade dura uma vida!

Oro a Deus que os abençoe com Sua graça e misericórdia nos próximos dias.

Publicado em Sermões e Esboços

Meu Deus é Real


pulpitoIntrodução: Como é Deus para você? Ele é real o suficiente para você adorá-lo todas as manhãs? Penso que às vezes a gente não imagina de como Deus é real. Imaginamos, que só quando estamos perto de Deus e pudessemos vê-lo trabalhar em nossas vidas, aí sim, sentiríamos que é real.

Gen 28:10-22

Se Deus é real em sua vida VOCÊ … 

I. Pode temê-lo – v. 17

A. Santa Reverencia

B. Provérbios 3:7,8

C. É a saúde, a substância para a vida e bênçãos.

II. Pode servi-lo – v. 20,21

A. incondicionalmente – ao contrário Jacó

B. Com tudo o coração e a alma

1. não irresoluto

2. não com a atitude de que eu tenho muito

3. não com a atitude ou motivo de que vou sair dela

C. Ele é Digno

D. O que Deus tem feito por você?

III. Viva Para Ele

A. Uma vida que agrada a Deus

1. Piedoso

2. Puro

3. Santo

B. Cada dia, cada hora, cada minuto, cada segundo

C. Faça a sua vida para contar toda a eternidade

IV. Dê Para Ele – v.22

A. dízimo

1. 2 Coríntios. 9:6, 7

2. Porque você tem

B. Tempo

1. Oração

2. Estudo Bíblico – Devocional diário – Leitura da Palavra de Deus

3. Servindo sua igreja

C. Talentos

1. Ensino – crianças, jovens

2. Cantando

3. Cuidando de Pessoas Carentes/ Necessitadas

Conclusão: Como Deus é real para você todas as manhã? Talvez você precise ser reintroduzido na sua presença nesta manhã. Ele quer te ajudar. Fique perto de Deus e Ele vai ficar perto de você. Volte para Deus.

Publicado em Sermões e Esboços

Uma igreja no “fogo”!!!


pulpito2 Crônicas 7:1-3, Mateus 3:11

Introdução:

“Nós amamos uma lareira. A luz cintilante, o crepitar do fogo, o cheiro da queima de madeira, o calor, em uma noite fria. Deus sempre teve Seu lareiras. A queima da sarsa, o altar do tabernáculo, Monte Carmelo, Pentecostes e Seu povo. A única lareira que Ele tem hoje em todo o mundo é o coração do seu povo …. Precisamos ser preenchidos com o Espírito Santo. O fogo do Espírito Santo é para queimar na lareira do nosso próprio coração. “

“Não há nada mais patético do que uma sonolenta e apática igreja. Quando a igreja perde o seu fervor para Cristo, ele deixa de ser um organismo e torna-se apenas uma organização. Faltando a força espiritual para funcionar como uma verdadeira igreja de Deus, … (ela) vai confiar mais e mais sobre mecânica e máquinas.

“Nosso Deus é um fogo consumidor.” (Heb. 12:29), e ele deseja ter, e terá uma igreja que está “pegando fogo” com a Sua Divina Presença e Poder.

Fogo que consome – queimando os pecados e as “coisas” desnecessária em nossas vidas.

Fogo que purifica – nos torna limpos, puros e santos diante de Deus.

Fogo que prepara (como nos géneros alimentícios) – faz-nos com gosto e agradável para si.

Fogo que aquece no frio – quando somos apanhados no frio aperto de desespero e desânimo, Ele anima-nos a vitória.

Fogo que amolece – o Espírito Santo amolece o coração do pecador e se arrepender.

Fogo que une – (tal como em unir diferentes tipos de metais), o Espírito Santo traz a unidade do povo de Deus.

Fogo que habilita – Atos 1:8

I. A Igreja que está no fogo, ora.

A. Ela vai ver a necessidade e o valor da oração fervorosa buscando a Deus com todo o coração.

1 Coríntios. 7:5 …. que vos pode dar-se ao jejum e oração;

1. Recompensa prometida. Mateus 6:17-18

2. Exemplos.

a. Moisés recebeu os Dez Mandamentos (Ex. 34:28).

b. Elias recebeu direção do Senhor (1 Reis 19:8).

B. Quando estamos no fogo de Deus, vamos responder às necessidades dos nossos dias com a oração e jejum.

II. Uma Igreja que está no fogo, não se molda com o mundo.

A. 1 João 2:15

B. O fogo de Deus queima no coração vai queimar o nosso desejo de que as coisas deste mundo. 2 Tim. 2:4

III. Uma Igreja que está no fogo, tem cuidados pelas almas.

A. Jesus chorou sobre Jerusalém, porque Ele cuidava de suas almas.

1. Salmo 142:4 … ninguém cuidou de minha alma. 

B. A igreja foi antecipada em fogo e … Marcos 16:20.

IV. Uma Igreja que está no fogo, realiza grandes coisas para Deus.

A. O poder de Deus se manifesta de muitas maneiras a Sua glória.

1. Pessoas salvas

2. Pessoas se relacionam

a. Com Deus

b. Uns com os outros

3. Orações Respondidas

Publicado em Sermões e Esboços

Ceia do Senhor


pulpitoO significado da Ceia do Senhor

1 Coríntios 11:23-28 

Antes da sua participação na ceia do Senhor, quero dar uma olhada em quatro pontos deste memorial que irá nos ajudar a compreender a sua importância. 

1. Trata-se de um momento de recordação. versículo 24 Jesus disse … fazei isto em memória de mim. Assim como a Páscoa judaica que comemora momento em que o sangue do cordeiro sacrificial foi derramado … ceia do Senhor, olha para trás, o sacrifício da morte de Jesus na cruz. O Senhor é a ceia da Páscoa cristã. 

2. É de uma hora de recomendação. versículo 26 Olhe atentamente em uma palavra … a palavra é “alarde” .. o significado é proclamar. O batismo não nos salva, mas ele proclama ao mundo a nossa identificação com a causa da morte, sepultamento e ressurreição de Cristo … nossa co-participação da ceia do Senhor … mas se temos o pão e o suco … estamos testemunhando ao fato de que, como nós recebemos este pão, suco e assim temos de ter recebido Jesus Cristo como Senhor em nossa vida. 

3. É de um tempo de reflexão. versículos 27-28 A Ceia do Senhor não é uma coisa banal … não é para ser tomada de ânimo leve. Não é um energizador. Na verdade, a Escritura diz que devemos examinar-nos levar … inventáriar nossa relação com Deus.N ós devemos fazer antes de participarmos da Ceia do Senhor, que fez o salmista quando ele gritou … Procura-me, ó Deus, e conhece o meu coração … é ver se há em mim algum caminho perverso.

Há algum pecado não confessado em nossa vida ou quaisquer questões que ficaram abaladas com Deus?

4. É de um tempo de alegria. versículo 26. Quantas vezes vamos recordar a sua morte até que ele vem? Esperança do seu retorno.

Nós não podemos apenas olhar para trás a sua morte na cruz com gratidão, mas podemos aguardar ansiosamente a sua vinda novamente com alegria. Maranata.