Publicado em Devocionais

Caminhando em direção ao Reino de Deus


Respondeu Jesus: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode entrar no Reino de Deus, se não nascer da água e do Espírito. João 3:5

Convidamos você a reservar um tempo para meditar conosco a Palavra de Deus. Cremos que nela você encontrará respostas, orientações e direções que tanto necessita para o seu dia-a-dia! Abaixo, se você sentir o desejo, poderá deixar um comentário ou ainda um pedido de oração.

“Pai, somos gratos pelo poder da Sua Palavra! Gratos pela Sua Presença onde estivermos neste momento. Gratos porque nestes minutos que separamos, dedicamos a meditar na Sua Palavra, portanto, sabemos que o Seu Espirito Santo irá tocar nos nossos corações para nos convencer do pecado, da justiça e do juízo. Ele irá nos guiar a toda verdade. Trará grandes revelações. Trará cura para nossas almas. Permitimos que os nossos corações estejam dispostos a receber sua poderosa Palavra. Derrame o Seu Espírito sobre nós e nos encha do Seu Amor. Venha o Teu Reino. Faça a Sua vontade no nosso meio, nas nossas vidas. Em Nome de Jesus, amém!”

Caminhando em direção ao Reino de Deus

Graça e Paz! Dos vários caminhos que dizem que a “vida” nos leva, são muitos os que nos levam ao Reino Deus! Mas, não é verdade, somente através de Jesus Cristo Que a Graça do Nosso Senhor e o Amor de Deus e Comunhão do Espírito Santo esteja e permaneça conosco. Em Nome de Jesus Cristo Nosso Senhor e Salvador!

Caminhando em direção ao Reino de Deus

Existem vários caminhos a seguir. Alguns escolhem seguir o caminho dos homens, e atraem sobre si as conseqüências dessa escolha. Outros, escolhem seguir o caminho do mundo. Outros, escolhem seguir o caminho do inimigo das nossas almas. Mas, poucos escolhem seguir o caminho em direção ao Reino de Deus.

Estas escolhas sempre trazem sobre nós conseqüências, queiramos ou não. E estas conseqüências poderão ser positivas ou negativas. Quando são positivas, entendemos como benção. Quando são negativas, entendemos como maldição.

Nossos interesses despertam a favor das conseqüências positivas e prazerosas. Principalmente aquelas que não nos obrigue a mudar nosso comportamento e a nossa razão de assim nos comportarmos. Queremos manter o mesmo comportamento, sem precisar mudar nada, e ter como prêmio, resultados positivos ao nosso favor. Mesmo quando contraria até mesmo a vontade de Deus, desde que não contrarie a nossa vontade individual. Mesmo que prejudique ou danifique os outros que estão ou não dentro dos meus relacionamentos.

O problema: o Reino de Deus e o sofrimento

Desenvolve-se uma gama de explicações, fruto da sabedoria acumulada em muitas ciências e filosofias, em que se isola a divindade e a sua influência sobre os humanos e sobre suas atividades. Destaca-se o “homem” e a sua história. Disto, tentam explicar os pensamentos, palavras e ações de cada um, mediante uma traumática comparação do humano com animais e plantas – trazendo-os ao mesmo patamar: irracionais a mercê do destino.

Personificando animais e plantas, para se levantarem como referência e justificativa de seus atos. Uma vez que o panteísmo é estabelecido, as teorias se desenvolvem e com um grande fanatismo forçando seus seguidores a engolirem suas idéias que a cada dia muda em função de diversos fatores ou influência tendenciosa de algum movimento social.

As mudanças nas informações são rápidas e sendo assim, exigem de cada um a atualização devida e a necessidade de seguir estas orientações determinadas pelos fatores influentes. Desprezam-se as conseqüências que estas possam causar. Aqueles que não conseguem ser tão velozes nestas atualizações, se sentem bloqueados pela maioria, e num sentimento de rejeição acabam se isolando.

Nasce um grande sofrimento, uma guerra interna e tentar entender e seguir a maioria e ao mesmo tempo continuar vivendo sua realidade acaba se tornando uma grande tristeza. Atender a quem? A maioria? A mim mesmo? Pertencer e ser aceito. Para isso, é preciso seguir as informações ditadas pelo poder dominante das informações.

Para isso, as referências são construídas e determinadas como suporte. Porque sobre estas, será estabelecia a visão de mundo.

O sofrimento se expressa na guerra destas opiniões. Pois como cristãos, temos a nossa referência, a Palavra de Deus, a Bíblia. E como influenciador sobre as nossas vidas: Jesus, o Cristo – único e suficiente Salvador, Rei e Senhor das nossas vidas.

A nossa visão: céu, mundo e inferno – e a grande guerra espiritual. Nossa missão: como embaixadores do Rei do Reino de Deus, resgatar os perdidos sem ferir suas escolhas, reconhecendo que semelhantemente a eles também fomos resgatados por armas poderosas: oração, amor e acolhimento.

Caminhar em Direção ao Reino de Deus

Da mesma forma que somos obrigados a seguir os ditames que os não-cristãos estabelecem como padrão ou estilo de vida, quando não seguem em direção ao Reino de Deus, também, para nós que o seguimos devemos e somos obrigados a estabelecer sobre nossas vidas padrões e estilos do Reino de Deus.

Por sermos diferentes, nos movemos de forma diferente, nos vestimos de forma diferente, falamos uma linguagem diferente, pensamos de uma forma diferente, e assim por diante.

O sofrimento ocorre quando queremos nos equilibrar. Quando queremos estabelecer e exigir as normas e padrões dos não-cristãos para o Reino de Deus. Destacando assim o sentimento de superioridade de um para o outro sem distingui-los como diferentes.

Os não-cristãos negam suas ofensas contra Deus, a partir do pressuposto da negação da existência de Deus, de Jesus ou do Espírito Santo. Dentro deste desprezo a igreja e seus líderes. É uma guerra declarada todos os dias. Pois em contra ataque fazemos o mesmo. Entendemos que são orgulhosos por essa negação, pois não distinguem com clareza os padrões do Reino de Deus sobre o certo e o errado.

O sofrimento ocorre quando, sem um discipulado constante, buscamos, pertencer ao Reino de Deus, e vivermos seguindo o padrão dos não-cristãos. Turbulências virão aos que assim tentam viver. Ser um discípulo verdadeiro é caminhar em direção ao Reino de Deus.

Vamos Orar!

Senhor Deus! Nosso Pai Celestial. Como é bom conhecer a sua Palavra e entender qual é o verdadeiro caminho Jesus Nosso Senhor, Salvador e Rei. Queremos, sim, entrar no Reino de Deus. Nos abençoe neste dia. Ensina-nos a lidar com o nosso sofrimento. Em Nome de Jesus Cristo, amém!


Plano de Leitura da Bíblia em um ano

Quero fazer um desafio! Você já leu a Bíblia inteira? Você sabia que é possível lê-la toda em um ano? Então agora você poderá fazer parte daqueles que sentiram desafiados a ler diariamente as porções que indicamos abaixo:

As leituras de hoje estão em Hb 9:1-22; Êx 6:28-8:32; Pv 2. Boa leitura!


Convidamos você a contribuir para este ministério

Caixa Ag 2553 Op 013 Conta 00032829-9

Anúncios

Autor:

Pastor Titular da Igreja Caminhar em Cristo em Curitiba/PR - Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s