Publicado em Sermões e Esboços

Construindo Vidas (01)


 Neemias 1:1-3

(1) Palavras de Neemias, filho de Hacalias: No mês de quisleu (aproximadamente novembro/dezembro), no vigésimo ano (do reinado de Artaxerxes I, conforme 2:1), enquanto eu estava na cidade de Susã,

(2) Hanani, um dos meus irmãos, veio de Judá com alguns outros homens, e eu lhes perguntei acerca dos judeus que restaram, os sobreviventes do cativeiro, c e também sobre Jerusalém.

(3) E eles me responderam: “Aqueles que sobreviveram ao cativeiro e estão lá na província passam por grande sofrimento e humilhação. O muro de Jerusalém foi derrubado, e suas portas foram destruídas pelo fogo”.

Introdução:

Contexto histórico: a nação de Israel foi levada cativa e Neemias obtém um relatório lá de Jerusalém sobre a condição da cidade e as pessoas.

Vejo a nossa nação sendo levada cativa pelo _ mundanismo _,  pela _ carnalidade _, e pelo _ diabo _.

Deus nos deu _ abundância _ nós a transformamos em _ ganância _.

Deus nos deu _ liberdade _ nós a transformamos em _ libertinagem _.

Deus nos deu _ bênção _ nós a transformamos em _ maldição _.

Nosso país foi colônia. Foi cadeia. Foi exílio. Foi o fim do mundo. Foi a sapateira de Judas. Foi um dos últimos a dar liberdade a escravos negros. Foi motivo de muita exploração. Muitos crentes do mundo inteiro, denunciavam às autoridades internacionais. Por isso, nosso país, sempre foi motivo de oração.

Nossos avós ensinaram aos nossos pais, que por sua vez nos ensinaram, que o que vem de fora vale muito. Pessoas daqui não valem nada. O que produzimos, não valem nada. Muitos crentes do mundo inteiro, visitaram o nosso país, com a intenção de que tivéssemos uma independência cultural. Por isso, nosso país, sempre foi motivo de oração.

Muitos missionários nos trouxeram muitos ensinamentos bíblicos, dos quais somos gratos, pois eram homens de Deus. Outros, porém, trouxeram muitas heresias. Alguns eram fugitivos de suas nações, por serem bandidos, assassinos, traficantes, exploradores de minérios, de vegetação, de animais, etc.. Outros, eram agentes secretos de suas nações, disfarçados por vários motivos. Muitos formaram igrejas e seminários, para poder espalhar suas “crenças”. Mesmo assim, por muitos anos, nosso país, foi alvo de oração.

O nosso bairro, tem uma história triste de invasão. Desde o tempo da colônia, foi invadido, por ser uma passagem de transporte de muares. Mataram muitos índios que moravam aqui. Depois, o próprio governo, retirou os moradores da região, para dar de presente às famílias dos comandantes nazistas, fugidas da segunda grande guerra. Por aqui, esconderam muitas fortunas. Foi no passado uma região de muitos assaltos, assassinatos e perseguições, pois havia muitos tesouros escondidos e enterrados. Vastas terras foram distribuídas de graça à bandidos. Ano atrás mais invasões. Gente pobre veio morar e fugir prá cá. Veio tanta gente, que virou um bairro. É hoje o maior bairro. É hoje, um dos bairros mais ricos. Mas, os moradores não sabem. Por isso, os que governam controlam as dificuldades dos seus moradores.

Tudo isso nos leva a entender que vivemos dentro de um cativeiro. Local, que não temos muitas opções para agir. Ficamos na mão de pessoas ou situações que nos controlam. Onde, o ideal é esperar a morte chegar.

O que Neemias nos ensina hoje?

Nós precisamos de _ recuperação _ onde nós fomos levados cativos.

Nós precisamos de _ revivificação _ onde não há nenhuma vida.

Nós precisamos de _ reconstrução _ onde os muros de proteção das nossas vidas foram destruídos.

Neemias volta para Jerusalém para reconstruir os muros ao redor da cidade.

Nós precisamos de:

– muros de proteção,

– muros de separação,

– muros de conservação,

– muros de identificação.

Precisamos que o nosso Deus reconstrua em nossa nação muros com os portões da liberdade e a própria liberdade. E não a falsa liberdade.

– horóscopo, é uma falsa religião, que pode;

– idolatria, é uma falsa religião, que pode;

– nova era, é uma falsa religião, que pode;

– espiritualismo, é uma falsa religião, que pode;

Falar de Deus e do seu filho Jesus, não pode. Falar do reino de Deus e da sua justiça, não pode.

Neemias fez 3 coisas para poder reconstruir os muros. Eu acredito que nós precisamos destas mesmas 3 coisas aqui, hoje, onde estamos.

I. Neemias pôde visualizar as necessidades (1:1-3)

1. Ele viu que os muros de defesa tinham caído.

            Em 1808 disse John Coran: “vigilância Eterna é o preço de liberdade.”

Há 9 passos para crescimento e desintegração:

1. De escravidão para fé espiritual

2. De fé espiritual para coragem

3. De coragem para liberdade

4. De liberdade para abundância

5. De abundância para egoísmo

6. De egoísmo para desvanecimento

7. De desvanecimento para apatia

8. De apatia para dependência

9. De dependência de volta para escravidão.

2. Ele viu que os muros de decência tinham caído.

Mais de 50% dizem que têm filhos fora do casamento, estas crianças não devem ser ensinadas, nem corrigidas, nem orientadas – devem viver livres, pois carregam uma inteligência sobrenatural a ponto de mandar nos seus próprios pais, avós ou responsáveis.

Pessoas com idades entre 18 a 34 anos, 70% disseram que não deveria haver nenhum julgamento ou orientação sobre se devem ou não se casar para depois ter um bebê.

90% dizem que virgindade masculina é problema sério e danoso. 80% dizem que a virgindade feminina é pura besteira.

75% não acreditam na benção duradoura do casamento. Tanto, que em algumas igrejas, não utilizam dos votos na cerimônias religiosas do casamento.

Há 4 perguntas que são feitas hoje.

1. O caráter faz qualquer diferença na eleição ou na contratação de funcionários públicos?

2. A sabedoria faz alguma diferença na eleição ou na contratação de funcionários públicos?

3. O exemplo faz alguma diferença na eleição ou na contratação de funcionários públicos?

4. A fidelidade faça alguma diferença na eleição ou na contratação de funcionários públicos?

3. Ele viu que os muros de doutrina tinham caído.

Nos é dito, para que tenhamos que tolerar um Evangelho novo e moderno para uma momento novo e moderna.

– aceitar o erro (o pecado), pois todos podemos pecar,

– aceitar a invasão dos novos costumes, mesmo obscenos, pois é o preço da liberdade,

– aceitar a falta de educação

– aceitar a falta de privacidade

– aceitar a falta de sinceridade

– aceitar a falta de confiança

– aceitar a falta de perseverança

II. Neemias agonizou em cima das necessidades (1:4-11)

4 elementos da oração de Neemias:

1. Era uma oração de contrição (v 4)

“Ele se sentou e lamentou e lamentou por muitos dias”

Alguém descreveu a igreja de hoje como uma “igreja de secar os olhos em um mundo curvado ao inferno.”

2. Era uma oração de confissão (vv 5-7)

a. Ele confessou o pecado nacional deles/delas

b. Ele confessou o pecado pessoal deles/delas.

2 Crônicas 7:14

3. Era uma oração de confiança (vv. 8-10)

4. Era uma oração de compromisso (v. 11)

III Neemias organizou para satisfazer as necessidades (Capítulo 2)

Neemias fez 3 coisas para organizar:

1. Ele buscou a permissão do Rei (vv 5,6)

2. Ele recebeu a proteção do Rei (v 7)

3. Ele obteve a provisão do Rei (v 8)

Conclusão:

Por que Deus não responde a minhas orações?

Nós às vezes não podemos ganhar o jogo, porque tropeçamos em cima de nossos próprios jogadores.

Nós damos sem sacrifício.

Nós oramos sem jejuar.

Nós testemunhamos sem lágrimas.

Nós queremos colher, quando não plantamos.

Nós queremos a vitória, sem guerra.

Nós buscamos o milagre, sem transformações.

Nós queremos o perdão, sem arrependimento.

Nós queremos resultados, sem planejamento.

Nós queremos salários, sem trabalhar.

Nós queremos uma família forte, sem parar de reclamar de tudo e de todos.

Nós queremos a benção, sem nenhum compromisso com o Senhor das Bênçãos!

A pergunta é: O que Deus está dizendo a mim e você, hoje?

Anúncios

Autor:

Pastor Titular da Igreja Caminhar em Cristo em Curitiba/PR - Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s