Publicado em Sermões e Esboços

Um pão muito especial


Mateus 14:13-21

1. Introdução: As coisas naturais são figuras das espirituais. Nosso espírito tem fome tanto como nosso corpo. Muitos procuram alimentar seu espírito com coisas que não o satisfazem. Cristo é o “Pão da vida”, o alimento espiritual – um pão muito especial.

2. A necessidade: Considerar o caso: uma multidão de gente faminta; um lugar deserto; a falta de recursos.

A proposta dos discípulos: “Despede a multidão”. Sentiam-se incapazes de lidar com o caso.

3. O suprimento: O caso não era sem esperança. Jesus estava ali. Ele podia capacitar Seus discípulos para suprirem a falta. O dever deles era examinar o que existia, embora tão pouco. Porém, quando trazido a Cristo e abençoado por Ele, foi o suficiente. João recorda que era um rapaz que trouxera os pães e os peixes.

As circunstâncias da festa: Um lugar sem recurso; uma multidão de mais de 5.000 pessoas; convidados submissos; uma refeição diferenciada; ações de graças antes de comer; bastante alimento; cuidado com as sobras; um milagre da graça divina.

4. Aplicação: Jesus é o nosso recurso quando nosso espírito está faminto. Ele chama-Se “o Pão da Vida”. Os discípulos trouxeram o pão a Jesus, e depois de Ele o ter abençoado, distribuíram-no ao povo. Os servos de Cristo devem fazer o mesmo hoje.

Anúncios

Autor:

Pastor Titular da Igreja Caminhar em Cristo em Curitiba/PR - Brasil

Um comentário em “Um pão muito especial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s