Publicado em Devocionais

Amar quem? … meu inimigo?


Muita gente anda brincando de ser “crente”! “Crente” é uma expressão tão pejorativa quanto a expressão “cristão”. Os inimigos de Jesus Cristo apelidaram os primeiros seguidores ou discípulos de “cristinhos” – pessoas que “imitam” a Jesus o Cristo – de onde surgiu a expressão “cristão”. Nos nossos dias, os inimigos de Jesus Cristo e a sua igreja, os chamam de “crentes”.

Os “crentes” são julgados pelos inimigos de Jesus diariamente, em função do seu comportamento diante das circunstâncias da vida. A maneira como agem ou reagem é levada em conta. O que poderíamos chamar de testemunho. Este por sua vez pode ser positivo ou negativo.

Esta beligerância gera um grande desconforto para ambos os lados.

Jesus nos ensina algo que exige uma reflexão profunda. Jesus nos ensina a amar o próximo como a você mesmo se ama. O que você deseja para você, deve ser o mesmo desejo e com a mesma intensidade para o outro. Mas, e quando o outro se torna ou se levanta como seu inimigo? Jesus nos responde, ame-o da mesma forma, porque este quadro pode mudar. Jesus nos ensina que ser amigo ou inimigo é uma postura que pode ser alterada. Isto só depende de nós.

Amar quem? … meu inimigo? é o que muita gente pode estranhar!

Mas, Jesus nos ensina que o amor é uma habilidade ou atitude que pode ser aprendida a qualquer momento, não é um sentimento. Você só precisa mudar o foco das suas atitudes. Em outras palavras, é algo que você pode e deve reverter, e isso significa que você pode ser melhor se praticar o seu amor com o outro também.

Quero que você tire os preconceitos que a palavra “amante” possa carregar. Quero considerar esta expressão “amante” para a pessoa que verdadeiramente pratica a habilidade de “amar” as pessoas que estão ao seu redor com sinceridade. Deixe de lado o preconceito. Não estamos falando aqui da variedade de infidelidade conjugal.

Por isso, você pode pensar que se você ama as pessoas com sinceridade algo de bom estará acontecendo em suas vida! Não se esqueça que os desejos de Deus para a sua vida é que você se torne um grande amante, um amante qualificado, um mestre de amantes. Ainda que a maioria das pessoas nunca aprenda a amar. Você pode se tornar um perito nas relações amorosas.

Você não gostaria ser conhecido como uma pessoa de amor extraordinário?

Quando as pessoas falam de você, o que eles poderiam dizer:

“Ele não se preocupa que você é ou como você vê (sua opinião).” ou,

“Ela não se preocupa onde você foi ou o que você fez ou de onde você é.”

O único modo de você se qualificar é praticar. Você faz isto do começo ao fim. Na primeira vez, você se sente desajeitado, mas quanto mais você ama, melhor você se torna.  O mesmo é com o verdadeiro carinho com seus inimigos (1 João 4:7 “Queridos amigos e amigas, amemos uns aos outros porque o amor vem de Deus. Quem ama é filho de Deus e conhece Deus.”).

Como a Bíblia diz, “Pratique essas coisas e se dedique a elas a fim de que o seu progresso seja visto por todos.” (1 Timóteo 4:15).

um grande abraço

Deus lhe abençoe muito

Pastor Derville

Anúncios

Autor:

Pastor Titular da Igreja Caminhar em Cristo em Curitiba/PR - Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s