Publicado em Devocionais

Coisas do Coração: Que bom ser visto!


 

Leia este relato:

 

Ao abrir uma pequena barra de chocolate encontrei impresso no lado interno da embalagem: “Ouça a batida do seu coração e dance”. Isso foi muito especial para mim naquele momento! Este período do ano, para mim, assumiu definitivamente novo sentido. Há um ano eu estava deitado numa cama de hospital, na unidade de cuidados cardiológicos, me recuperando de uma extensa cirurgia no coração.

 

No dia de Natal, em vez de acordar com a expectativa habitual da troca de presentes e da deliciosa ceia, despertei cheio de tubos e fios pelo corpo, para que a equipe médica pudesse monitorar meu pós-cirúrgico e administrar a medicação necessária.

 

Mas em vez de desespero, eu sentia alegria e gratidão. Havia recebido o maravilhoso presente de estar vivo para desfrutar de outros natais em família. Esse não girava em torno de dar e receber, mas de simplesmente estar.  Sabia que Deus era o maior responsável por tornar aquilo possível, me colocando sob os cuidados de um destacado cirurgião e em um hospital conhecido pelas notáveis instalações e experiência em cardiologia.

 

Também tinha uma enorme sensação de paz. Enfrentar e superar a perspectiva da morte faz isso com a gente. Os eventos da semana precedente tinham mudado rapidamente. Embora as chances de sucesso para minha cirurgia fossem altas, pela minha idade e condições físicas em geral, ninguém podia garantir que teria outro natal. Assim, quando alguém naquela manhã disse: “Que bom ver você!”, respondi eufórico: “Que bom poder ser visto!”

 

A paz que experimentei na manhã de natal contrastava com os sentimentos que me assaltaram duas semanas antes, quando soube da necessidade urgente de cirurgia. De repente me vi confrontado por uma situação sobre a qual não tinha controle. Fui invadido por pensamentos como não estar presente para o casamento de minha filha caçula, de não ver meus netos crescerem, de ter que me despedir prematuramente de minha amada esposa, de deixar projetos importantes inacabados.

 

Talvez você nunca enfrentou uma situação envolvendo a morte. Mas todos enfrentamos circunstâncias assustadoras de tempos em tempos. Como lidar com elas? Para onde se voltar? Considere algumas verdades que me confortaram nesse período:

 

Deus estava comigo. O Deus em que confio não é um observador distante e imparcial, mas envolvido de forma íntima com minhas circunstâncias. “Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa” (Isaías 41:10).

 

Deus sabia o que fazer. Embora eu não pudesse ver o futuro, Deus podia e estava completamente no controle. “Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro” (Jeremias 29:11).

 

O amor de Deus vence o meu medo. Confiando no amor de Deus e Sua incondicional aceitação de minha pessoa, pude ter a certeza que Ele tinha em vista meus melhores interesses. “O amor expulsa o medo” (I João 4:18).

 

Agora, vamos meditar um pouco …

 

. Como você reagiria caso fosse repentinamente informado que você ou um ente querido tem uma doença terminal ou problema grave de saúde?

 

. Você já enfrentou alguma situação parecida como a descrita neste Maná? Como isso lhe afetou?

 

. Se já enfrentou uma difícil provação e conseguiu superá-la, como descreve os sentimentos que teve depois?

 

. O que significam para você as verdades de Deus citadas ao final deste Maná? Como as relacionaria com as circunstâncias de sua vida?

 

Se desejar considerar outras passagens sobre o tópico, analise: Josué 1:6-9; Mateus 10:28; II Coríntios 5:7; Hebreus 11:1.

 

Um grande abraço

 

Pastor Derville

 

Conheça a nossa igreja

www.caminharemcristo.org

Anúncios

Autor:

Pastor Titular da Igreja Caminhar em Cristo em Curitiba/PR - Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s