Publicado em Sermões e Esboços

Pai, tá demorando … (1)


Eu precisava de uma quantidade de dinheiro para pagar umas contas, em uma determinada data. Era um compromisso que eu havia assumido. Os dias já se aproximavam. Havia uma negociação em que eu poderia receber um valor bem acima do que eu precisava para quitar aquele compromisso. Havia uma parte de um valor, que ainda estava pendente, que eu poderia receber a qualquer hora, e que também quitaria aquele compromisso.

Quando eu assumi aquele compromisso, eu já sabia que antes daquela data eu já estaria com o dinheiro na mão. Eu tinha uma pequena reserva para o dia-a-dia, mas não poderia contar com ela.

Havia também outras possibilidades. Por exemplo, um trabalho extra que me pudesse gerar uma renda extra.

Mas, nada!

Meu filho me pediu para comprar algo para ele levar para a escola. Eu respondi, assim que eu receber eu compro. E, ele me questionou sobre a demora dessas realizações.

Assim foi novamente no dia seguinte. E, nos dias posteriores. Sem nenhum resultado!

Toda essa pressão, gera em nós uma grande expectativa. Mas, a voz do meu filho, ainda soava no meu ouvido.

– Pai, tá demorando …

“A esperança adiada faz o coração ficar doente, mas o desejo realizado enche o coração de vida.” – Provérbios 13:12

Eu não conheço ninguém que possua a natureza de esperar. Somos afoitos. Geramos esperanças, e logo traçamos planos sobre estas esperanças. Os corações adoecidos, falam em que são “realistas” e tem o “pé no chão”. É que no fundo são pessoas iludidas com a desesperança. E aprenderam a não esperar. E sempre aconselham aos outros a fazerem o mesmo com se fosse uma regra para a vida.

E quando você pediu ajuda à Deus em oração? Deus já demorou a lhe responder num momento de grande dificuldade? Já aconteceu de você ficar bastante tempo esperando uma resposta de Deus?

Eu também… Muitas vezes!!!

Não é fácil!!!

Mas, no dia do vencimento eu fechei um bom contrato. Recebi um bom dinheiro pelo meu trabalho, isto na parte da manhã. Quando foi no início da tarde, já estava pago. Deus é fiel! 

Mas, e quando está demorando para vir a resposta? Às vezes me perguntava, o que será que está acontecendo? Eu não estou entendendo …

– Pai, ta demorando …

A Palavra de Deus também fala de algumas pessoas, como eu e como você, que não souberam entender a demora da resposta de Deus. Sara não entendia a demora para ter uma filho. Saul não entendia a demora nas respostas dos seus questionamentos. Mas, a Palavra de Deus nos fala de pessoas que buscaram entender e esperar, como Noé, Jó, Noemi, etc…

Todos nós vamos precisar esperar um dia.

A diferença será, qual vai ser nossa atitude durante o tempo de espera, que pode ser longo ou curto. Hoje, Deus quer nos falar através de um dos personagens das Escrituras que não souberam esperar, vamos aprender com ele.

O primeiro Rei de Israel, seu nome Saul, passou por um momento assim e não se saiu muito bem.

O que podemos aprender com o erro de Saul? Vamos ver o que Deus quer nos falar nesta meditação.

Num ambiente umbandista, kardecista e sincretista como o brasileiro, é muito comum o que está registrado em I Samuel 28, mas na Bíblia a cena é única.

Esta história tem gerado muita especulação e estudos, porque incomoda a experiência, aparentemente típica de uma “sessão espírita”, registrada na Bíblia. É a historia de um encontro entre o rei Saul e uma necromante, ocorrida por volta do ano 1055 a.C.

“Quando Saul viu o acampamento filisteu, teve medo; ficou apavorado… Ele consultou o SENHOR, mas este não lhe respondeu nem por sonhos nem por Urim, nem por profetas.” vs. 5

Aparentemente, Deus, não estava respondendo! E agora Saul? Observe qual foi a reação de Saul, como tem sido a reação de muita gente!

1 Samuel 28:7-25

“Então Saul ordenou aos seus oficiais:

– Procurem uma mulher que seja médium, e eu irei consultá-la.

– Em En-Dor há uma médium! – responderam eles.

Então Saul se disfarçou, vestindo roupas diferentes. E, quando escureceu, foi com dois dos seus homens falar com a tal mulher. Ele disse:

– Consulte para mim os espíritos e me diga o que vai acontecer. Eu vou dizer o nome de um homem, e você vai mandar subir o espírito dele.

A mulher respondeu:

– Com certeza você sabe o que o rei Saul fez: ele expulsou de Israel os adivinhos e os médiuns. Então por que é que você está tentando me pegar numa armadilha para que eu seja morta?

Aí Saul jurou em nome do Deus Eterno:

– Pelo Eterno, o Deus vivo, eu prometo que você não será castigada por fazer isso.

Então a mulher perguntou:

– Quem é que você quer que eu faça subir?

– Samuel! – respondeu ele.

Quando a mulher viu Samuel, deu um grito e disse a Saul:

– Por que o senhor me enganou? O senhor é o rei Saul!

– Não tenha medo! – respondeu o rei.

– O que é que você está vendo?

– Estou vendo um espírito subindo da terra! – disse ela.

– Como é o jeito dele? – perguntou Saul.

– É um velho que está subindo! – respondeu ela.

– Ele está todo enrolado numa capa.

Aí Saul entendeu que era Samuel: ajoelhou-se e encostou o rosto no chão, em sinal de respeito.

Então Samuel disse a Saul:

– Por que é que você foi me incomodar? Por que me fez voltar?

Saul respondeu:

– É que estou numa grande dificuldade! Os filisteus estão em guerra contra mim, e Deus me abandonou. Ele não me responde mais nem por profetas nem por meio de sonhos. Foi por isso que chamei o senhor para me dizer o que devo fazer.

Samuel disse:

– Por que é que você me chamou, agora que o Deus Eterno o abandonou e se tornou seu inimigo?

O Eterno fez com você o que ele, por meio de mim, prometeu que ia fazer: ele tirou o reino de você e o deu a outra pessoa, isto é, a Davi. Você desobedeceu às ordens do Deus Eterno e não destruiu completamente os amalequitas e tudo o que eles tinham. É por isso que o Eterno está fazendo isso com você agora. Ele vai entregar você e o povo de Israel aos filisteus. Amanhã você e os seus filhos vão estar junto comigo. E o Eterno também vai entregar o exército de Israel aos filisteus.

No mesmo instante Saul caiu no chão, de comprido, apavorado com o que Samuel tinha dito. Ele estava fraco porque não tinha comido nada todo aquele dia e toda aquela noite. A mulher chegou perto dele e, vendo que ele estava apavorado, disse:

– Eu arrisquei a minha vida fazendo o que o senhor me pediu. Agora, por favor, faça o que estou pedindo: deixe que eu lhe traga um pouco de comida. Coma alguma coisa para ficar forte e poder viajar.

Saul recusou e disse que não ia comer nada. Mas os seus oficiais também insistiram para que comesse. Finalmente ele concordou. Levantou-se do chão e sentou-se na cama. Então a mulher matou depressa um bezerro que estava sendo engordado. Pegou também um pouco de farinha de trigo, amassou e assou alguns pães sem fermento. Aí colocou a comida diante de Saul e dos seus oficiais, e eles comeram. E naquela mesma noite foram embora.”

A pergunta básica é:

Quem apareceu? Foi realmente Samuel?

A primeira idéia que surge é que algo “maravilhoso” aconteceu através do poder das trevas! Já que Deus está demorando, por que não, usar outros meios? A necromante conseguiu furar a barreira que Deus estabeleceu. Deus estabeleceu à vida do Rei Saul um tempo longo para a sua resposta, porém por força das trevas, a necromante conseguiu não só trazer “Samuel” (já falecido) à vida, em espírito, como também dar a resposta que Deus ainda não havia dado.

Isaías 43:13 Eu sou Deus e sempre serei. Ninguém pode escapar do meu poder e ninguém pode desfazer o que eu faço.”

Não é possível aceitar esta idéia, porque a Palavra de Deus diz que a morte é o fim (Hebreus 9:27 – Cada pessoa tem de morrer uma vez só e depois ser julgada por Deus.), fim que só pode ser suspenso pela ressurreição (que não houve, neste caso).

Uma segunda idéia, é que Deus no seu grande poder pode usar qualquer pessoa ou qualquer circunstância para realizar a sua vontade. Esta idéia, também não será possível aceitar, senão Deus daria crédito à necromancia. Pelo contrário, ele a condenou.

Levítico 19:31 – Não procurem a ajuda dos que invocam os espíritos dos mortos e dos que adivinham o futuro. Isso é pecado e fará com que vocês fiquem impuros. Eu sou o Eterno, o Deus de vocês.

Levítico 20:6 – Se alguém procurar a ajuda dos que invocam os espíritos dos mortos e dos que adivinham o futuro, eu ficarei contra essa pessoa por causa desse pecado e a expulsarei do meio do povo.

Levítico 20:27 – Qualquer homem ou mulher que invocar os espíritos dos mortos ou praticar feitiçarias deverá ser morto a pedradas. Essa pessoa será responsável pela sua própria morte.

Deuteronômio 18:9-13

Quando vocês tomarem posse da terra que o Eterno, o nosso Deus, está dando a vocês, não imitem os costumes nojentos dos povos de lá. Não ofereçam os seus filhos em sacrifício, queimando-os no altar. Não deixem que no meio do povo haja adivinhos ou pessoas que tiram sortes; não tolerem feiticeiros, nem quem faz despachos, nem os que invocam os espíritos dos mortos. O Deus Eterno detesta os que praticam essas coisas nojentas e por isso mesmo está expulsando da terra esses povos, enquanto vocês vão tomando posse dela. Em todas as coisas sejam fiéis ao Eterno, o nosso Deus.

Isaías 8:19 – Algumas pessoas vão pedir que vocês consultem os adivinhos e os médiuns, que cochicham e falam baixinho. Essas pessoas dirão: “Precisamos receber mensagens dos espíritos, precisamos consultar os mortos em favor dos vivos!”

Isaías 19:3 Os egípcios perderão a coragem, e eu farei com que os seus planos fracassem. Então eles consultarão os ídolos e os adivinhos, os médiuns e os feiticeiros.

Uma terceira idéia, surge, imaginando a cena, e verificando que foi tudo uma grande farsa por parte da necromante. Dando uma idéia de um velho com um manto, tal e tal. Pura ilusão. Aproveitando-se do desespero de Saul. Quem falou que era “Samuel”, foi Saul e não a necromante. Pois é, esta idéia, também não vai dar para aceitar, pois o autor bíblico não explicita o engano. Saul queria ver, o que acabou vendo!

Uma quarta idéia, é que houve sim um apoio das forças das trevas, porque esta foi invocada através dos elementos de magia, misturados aos elementos reais, que operam na tentativa de mudar as circunstâncias e a natureza. Estas todas, apoiadas, buscadas e confirmadas por Saul. Conseqüentemente o levou à morte. Esta idéia confirma este fato!

“Muitos enganadores têm saído pelo mundo.” – 2 João 1:7

Mas, por que Saul reagiria assim, diante da demora da resposta de Deus? Por que muitos reagem assim, entendendo até que Deus lhes aprova, quando vimos anteriormente, que não é verdade?

Até amanhã,

Deus lhes abençoe

Anúncios

Autor:

Pastor Titular da Igreja Caminhar em Cristo em Curitiba/PR - Brasil

2 comentários em “Pai, tá demorando … (1)

  1. mesmo sem curso teologia,vou dar minha opiniao a respeito assunto em pauta: ao meu ver, saul nao apareceu; o diabo o enganador apareceu em figura do samuel para enganar o proprio saul e para hoje os amantes do espiritisno sejam tambem enganados,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s